Sobre Slackline

O que é?

Slackline é o novo esporte de moda.  É uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos, o que permite ao praticante andar e fazer manobras por cima.  Além de andar, os praticantes fazem manobras cada vez mais impressionantes, tais como pulos, movimentos de skate, posições de ioga e até mortal (flip).  Algumas variações de slackline incluem “waterline” (slackline sobre água) e “highline” (slackline em grandes alturas, como por exemplo montanhas e pontes), que evoca uma sensação de adrenalina incrível.  Também existem “trickline” (slackline somente para fazer manobras) e “longline” (slackline de distancia longa, normalmente acima de 40 metros), entre outras variações.

O slackline é um espetáculo diferente que chama muita atenção por ser uma novidade.  É um esporte social que encoraja interação entre todos os participantes, atletas e espectadores.  Comparado aos outros esportes radicais, os equipamentos são mais simples, muito fáceis de transportar e montar.  Por tudo isso, o slackline é uma atividade acessível a todos.

História e Evolução

A atividade de “corda bamba” tem uma história extensa, mas a história mais aceitada do slackline começa nos anos 80 nos Estados Unidos.  Os escaladores do Parque Yosemite, na Califórnia, começaram a andar em cima de correntes e corremões, depois usaram os próprios materiais de escalada.  Logo perceberam que esta atividade fortalecia as pernas e o corpo e também lhes deram um equilíbrio que ajudou na escalada, e isto virou uma nova modalidade de esporte em si.  “Slackline” significa literalmente “linha bamba” em inglês.

Desde então o esporte tem evoluído muito.  As fitas de slackline não são mais as fitas de escalada, mas são equipamentos estudados e desenvolvidos especificamente para este esporte.  Assim é mais seguro e os equipamentos têm uma vida útil mais longa.  Agora existem fitas de várias larguras e elasticidades para as variações diferentes de slackline.  O slackline não é somente praticado por escaladores, mas também pessoas de surfe, skate, ioga, e até pessoas que não praticavam outro esporte antes.

No Brasil, o slackline foi bastante desconhecido por muitos anos até virou febre nas praias do Rio de Janeiro em 2010.  Hoje em dia, a popularidade do esporte espalhou pelo Brasil inteiro.

Benefícios

O slackline trabalha tanto o corpo quanto a mente.  Fornece um ótimo exercício físico que fortalece todos os músculos do corpo, principalmente membros inferiores e região abdominal.  Como usa uma fita elástica, é muito saudável no sentido que não há impacto nos juntos, como ocorre em outros esportes como corridas.  Este aspecto da elasticidade serve ambos para fortalecer os juntos e para prevenir ferimentos e lesões.

Os benefícios do slackline vão muito além do físico.  O esporte também trabalha muitos atributos psicológicos, principalmente o equilíbrio e concentração.  Fazer slackline requer um alto nível de disciplina e concentração, o que a pessoa aprende na fita e leva ao resto da vida, vivendo sempre em busca do equilíbrio saudável.  Neste sentido, o slackline é uma lição para a vida – parece uma coisa difícil, mas a pessoa vai aprendendo aos poucos.  Faz os primeiros passos, e quer tentar mais para conseguir mais um.  Desenvolve a paciência e capacidade de superar dificuldades, o que ajuda os praticantes em todos os aspetos da vida.