Conheça o seu Kit de Slackline

Com tanto crescimento recente do esporte, é importante conhecer os materiais e entender alguns assuntos importantes de segurança (também veja as páginas Segurança e Outras Dúvidas e Dicas).  Com tanta variação disponível agora de fita e nos preços dos kits, como que vai saber qual kit é melhor para você?

A Fita

Toda fita não foi criada igual! Cada fita é diferente; algumas fitas são fabricadas para elevação ou amarração de carga.  Estas fitas, embora baratas e fortes, podem ser muito desconfortáveis para a prática de slackline, podendo até machucar os pés ou a canela, e podem impedir a sua evolução nas manobras.  É importante comprar um kit com fita desenvolvida e testada especificamente para o slackline como as fitas da Crucial.

Há vários tipos de fita – larga, fina, elástica, etc.  O tipo de fita que você usará, dependerá muito dos seus objetivos – suas preferências pessoais e quais modalidades de slackline você pretende praticar.

Montagem

Há vários modos de montar a sua fita, dependendo do seu equipamento e conhecimento.  A forma original de montar o slackline que foi utilizado pelos escaladores envolve o uso de mosquetão e nó (ou anel).  Os kits agora normalmente incluem uma catraca para facilitar a montagem, e podem ter vários tipos de braçadeira – a peça usada em cada lado do sistema para montar a fita.  Uma vantagem geral da catraca é que é mais simples e qualquer pessoa pode montar e esticar sozinho.

Montagem primitiva. Esta é a forma de montagem original de slackline, usada pelos escaladores que inventaram o esporte.  A vantagem principal é que as peças ocupam pouco espaço e são leves para transportar, e se você já escala, já tem todo o equipamento necessário (mas cuidado! Depois de usar o equipamento para slackline, o mesmo equipamento não poderá ser usado novamente na escalar, por motivos de segurança).  Kits com mosquetão geralmente são mais baratos de kits com catraca.  Desvantagem: Se você não souber as técnicas, é mais difícil de montar e de esticar.

Catraca e braçadeira simples.  A braçadeira normalmente tem de 1,5 a 2 metros, com loop costurado em um lado, e outro lado costurado à catraca.  Com esta montagem, você passa a braçadeira no ponto de ancoragem (por exemplo a árvore) e passa a catraca pelo loop.  Vantagem: super simples.  Desvantagem: se dobrar ou torcer a fita de ancoragem, você pode tirar até 35% da resistência da fita (e a fita terá uma vida útil mais curta).

Catraca e braçadeira ajustável.  Algumas braçadeiras vêm com fivela para ajustar o tamanho.  A vantagem óbvia é que é fácil de montar com o tamanho certo, além de evitar que a fita dobre, ou seja, a fita não perde resistência e terá uma vida útil mais longa.  A desvantagem é que o kit com esta braçadeira é mais caro.

Outras braçadeiras.  É possível também usar uma fita ou corda com nó e mosquetão na braçadeira para a montagem.  Se fizer isso, tenha certeza que o nó está correto e que o mosquetão e corda são adequados para a tensão criada pelo slackline (use uma corda dinâmica ou fita de solteira de escalada, não uma corda que você achou na garagem, que você não sabe como foi usada no passado). Este método é simples e fácil, embora não permite ajustar o tamanho da ancoragem.